Mais Energia

Conselhos cheios de energia para
um dia-a-dia mais seguro e económico.

Galp

Como conduzem os portugueses?

3.5.2019 por Maria Beatriz Silva

Hoje é o Dia Internacional do Trânsito e da Cortesia ao Volante!

Há quem diga que são os melhores condutores do mundo e que apenas se esquecem que vão a conduzir. Será verdade? Descubra agora!

A Galp pensou neste artigo para sensibilizar os condutores sobre a necessidade de uma condução segura e consciente – uma condução defensiva. Mas primeiro, decidimos averiguar como se comportam os portugueses ao volante. Se são ou não bons condutores, uma coisa é certa, os portugueses acham sempre que conduzem bem!

Mas as estatísticas dizem o contrário: 

  • 75% come e bebe ao volante;
  • 74% conduz em excesso de velocidade nas zonas residenciais e 72% fá-lo nas autoestradas;
  • 63% recebe ou envia mensagens por telemóvel e 53% recebe e faz chamadas sem sistema de mãos livres (claro que o expectável aconteceu: entre 1 de janeiro e 15 de setembro de 2018, foram multados pela GNR 16.640 condutores, por estarem a utilizar o telemóvel ao volante);
  • 60% passam no sinal vermelho.

Segundo dados recolhidos pela circulaseguro.pt em 2018, os portugueses “esquecem-se” regularmente de usar o pisca, sendo que neste aspeto são as mulheres que mais falham. Mas os factos não se ficam por aqui:

  • 64% e 67% dos carros circulam em excesso de velocidade na A1 e na A2, respetivamente;
  • 34% dos portugueses carregam no acelerador dentro das localidades, ultrapassando o limite de velocidade;
  • 85% dos condutores não param no sinal STOP e interpretaram-no como uma cedência de passagem;
  • 40% dos condutores de automóveis foram detetados a passar o vermelho nos segundos imediatamente a surgir essa informação nos semáforos. Nos motociclistas, a percentagem superou os 60%;
  • Apenas 66% das mulheres e 73% dos homens usam devidamente o cinto de segurança.

Dados da Prevenção Rodoviária Portuguesa relatam que mais de 33,2% dos condutores portugueses que faleceram ao volante (entre 2010 e 2015) apresentavam uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 0,5g/l. E como o álcool não é o único culpado, a Associação Portuguesa de Sono afirma que “a sonolência está relacionada com 20% dos acidentes de viação”. 

A cortesia ao volante e o civismo rodoviário devem ser um deveres intemporais de qualquer condutor. A estrada pertence a todos e, por isso, atente a todas as movimentações, respeite os limites de velocidade e as prioridades, ceda a passagem e não descure dos sinais de mudança de trajetória. Mesmo nas situações de maior stress, respire fundo e seja cortês.

Confira as 7 Dicas para uma condução segura e seja a sua melhor versão na estrada!

Tópicos: Galp, Dia do Trânsito e da Cortesia ao Volante

Maria Beatriz Silva

Publicado por Maria Beatriz Silva

Fã de road trips pelas terras de Portugal e além fronteiras, não dispensa uma boa dica para poupar e tirar o maior partido das suas viagens, sempre em segurança. Contribui regularmente para o blog Mais Energia.

Comentários com utilização de linguagem abusiva ou ofensiva não serão publicados.

Subscreva o nosso blog

Artigos do Blog

Recent Posts

New Call-to-action

Deixe-nos a sua sugestão de tema!