Energy2Drive

Conselhos cheios de energia para
uma melhor performance do seu negócio
e mais segurança na estrada.

Galp

Prós e contras de trabalhar em casa

21.10.2019 por Filipe Augusto Santos

Prós e contras de trabalhar em casa

Para muitos, trabalhar em casa é um verdadeiro sonho. Se está a ponderar trabalhar em casa, conheça os dois lados desta opção.

Desde freelancers a colaboradores de empresas que adotaram a modalidade de remote work, são cada vez mais as pessoas que optam por trabalhar à distância. Mas nem sempre é fácil gerir o próprio horário de trabalho e cumpri-lo no conforto de casa. Descubra agora mesmo se esta tendência combina ou não com o seu perfil!

Vantagens 👍

Um dos principais motivos pelos quais as pessoas gostam da ideia de trabalhar em casa é a flexibilidade de horário. Não ter de "picar o ponto" significa que pode trabalhar às horas que quiser, fazer pausas a qualquer momento e organizar o seu dia como bem entender. O que conta realmente é o trabalho realizado e não o número de horas dedicadas.

Pode definir quando trabalha, mas também onde e como. Basta ter o telemóvel e um computador portátil para poder trabalhar numa esplanada ao sol, ou em qualquer outro sítio. Em casa ou noutro lugar pode personalizar o ambiente em que se encontra, seja ajustar a temperatura ao seu gosto ou ouvir música relaxante e criar condições para ser o mais produtivo possível.

Evitar deslocações diárias é ainda poupar tempo e dinheiro e livrar-se do stress causado pelas intermináveis filas de trânsito ou transportes a abarrotar. Terá mais tempo para dedicar ao que realmente lhe dá qualidade de vida, seja passar mais tempo com a família e amigos, fazer desporto ou atividades de lazer.

Desvantagens 👎

Muitos profissionais que trabalham em casa apontam o isolamento como a maior desvantagem. O convívio com os colegas de trabalho é para muitos uma parte importante do dia a dia e a falta de contacto social diário tem impactos negativos. Contrariar esta tendência exige criatividade e um esforço maior para conhecer pessoas novas e manter contacto com os colegas.

Estar longe do escritório pode ainda resultar na perda de ligação com a empresa. Pode perder desenvolvimentos importantes, como mudanças na equipa, novos negócios, ou novos procedimentos.

Trabalhar em casa requer ainda muita disciplina para não nos tornarmos no nosso pior inimigo. Com a família por perto ou tentações como a televisão e videojogos, é mais fácil sucumbir às distrações. Não tendo a obrigação imposta pela presença física no local de trabalho, é preciso ter força de vontade para ser rígido com os horários e evitar misturar trabalho e lazer.

Há, no entanto, quem acabe por trabalhar mais. É possível que comece a associar a sua própria casa ao trabalho e esta associação mental poderá impedi-lo de descansar e relaxar verdadeiramente.

Mas é possível trabalhar em casa de forma eficiente 💻

Manter uma rotina matinal é uma boa estratégia para contrariar a preguiça ao trabalhar em casa. Faça tudo o que faria para se preparar para ir para o escritório: programe o despertador, tome o pequeno-almoço e vista roupas bonitas.

Em vez de se enfiar no quarto ou no sofá - espaços associados aos momentos de lazer - dedique uma divisão ou uma superfície específica ao trabalho.

Crie o seu próprio horário e defina as tarefas que tem de realizar ao longo do dia. Ter uma agenda ou um calendário online também pode ajudar. Crie eventos ou lembretes pessoais para garantir que não se esquece de nada ou que não se distrai com as horas.

Se nenhuma destas estratégias resultar, vá mais além e saia de casa. Espaços comos cafés e bibliotecas, com tomadas e Wi-Fi, podem ajudá-lo a simular a energia do escritório e, assim, aumentar a sua performance.

Tópicos: Galp, trabalho remoto, trabalhar em casa

Filipe Augusto Santos

Publicado por Filipe Augusto Santos

Apaixonado pelo trabalho, e um verdadeiro entusiasta da cultura automóvel. Para este profissional, fazer todo-o-terreno para fugir à rotina citadina é um must-do! Quando o trabalho de gestor de marketing o permite, contribui para o blog Energy2Drive.

Comentários com utilização de linguagem abusiva ou ofensiva não serão publicados.

Subscreva o nosso blog

Deixe-nos a sua sugestão de tema!

Artigos do Blog

Recent Posts

New Call-to-action
New call-to-action