Energy2Drive

Conselhos cheios de energia para
uma melhor performance do seu negócio
e mais segurança na estrada.

Galp

Já tem uma checklist de verificação de frota?

12.4.2019 por Filipe Augusto Santos

Já tem uma checklist de verificação de frota?

Saiba como diminuir erros e facilitar o processo de gestão de frota com uma checklist de verificação.

Ter uma checklist de verificação de veículos é extremamente importante para tornar mais fácil e ágil o processo de gestão de frotas, diminuir as probabilidades de erro e, deste modo, alcançar melhores resultados para a empresa.

Qual é a importância das checklists?

É impossível gerir de forma eficiente a frota de uma empresa, sem ter uma visão abrangente da mesma. E é aqui que a checklist entra. Esta proporciona ao gestor de frota uma visão global de tudo o que envolve cada veículo, desde a documentação, às luzes, passando pelos pneus, inspeção e seguros. De forma mais rápida e visualmente mais simples, é possível consultar todas as informações, das mais básicas às que não pode mesmo esquecer.

É possível afirmar que a checklist é fundamental para manter a rotina do gestor de frota mais organizada pois, para além de a tornar mais organizada, contribui para a diminuição de custos e de outros problemas associados.

O que deve constar na checklist?

Numa checklist de verificação de frota deve constar praticamente tudo sobre cada veículo da empresa. Algumas informações poderão ser:

  • Matrícula
  • Modelo
  • Cor do veículo
  • Data
  • Condutor responsável
  • Documentação
  • Quilómetros
  • Pressão dos pneus
  • Óleo do motor
  • Água do radiador
  • Filtro de ar
  • Combustível (gasóleo, gasolina, aditivado ou simples)
  • Número de cartão Galp Frota
  • Chave
  • Sistema de localização
  • Seguro
  • Estado da bateria
  • Data de inspeção
  • Triângulo e colete
  • Macaco, pneu suplente e chave de roda
  • Reparações necessárias (riscos, amassadelas, quebras, etc.)
  • Luzes
  • Limpeza

A checklist deve conter, ainda, um espaço reservado a comentários ou observações e, se possível, fotografias do veículo. Dependendo das necessidades de cada viatura e do objetivo da empresa, a lista pode e deve sofrer alterações. Estes são apenas alguns itens que podem compor uma checklist. Pode optar pela visualização em mobile ou em papel, a decisão é sua.

À medida que confere cada ponto da lista, identifique-o com um visto. Caso algum ponto não seja validado, identifique-o com uma cruz e, nas observações, descreva a situação. Por exemplo, se verificar que uma das viaturas ficou suja após uma utilização, deve colocar uma cruz no item “limpeza” e, na zona das observações, deve escrever a data marcada e identificar o posto Galp para fazer a limpeza. Para facilitar, sabia que pode consultar todos os serviços, incluindo limpezas, de cada posto Galp através da app Galp EvoDriver?

O que vai melhorar com as checklists?

Como referido anteriormente, as checklists vão permitir um acompanhamento mais próximo e competente de cada veículo da frota da empresa, a correção atempada de possíveis problemas que, até então, poderiam passar despercebidos e a diminuição dos custos de reparação ou multas inesperadas.

Tendo todas as informações relevantes sobre a sua frota, o gestor vai necessitar de menos tempo para verificar as viaturas e ganhar tempo para dedicar a atividades mais importantes.

Já não há desculpas para uma frota com a inspeção em atraso ou para veículos menos preparados para a estrada!

Tópicos: Gestão de Frotas, Galp, frota de veículos

Filipe Augusto Santos

Publicado por Filipe Augusto Santos

Apaixonado pelo trabalho, e um verdadeiro entusiasta da cultura automóvel. Para este profissional, fazer todo-o-terreno para fugir à rotina citadina é um must-do! Quando o trabalho de gestor de marketing o permite, contribui para o blog Energy2Drive.

Comentários com utilização de linguagem abusiva ou ofensiva não serão publicados.

Subscreva o nosso blog

Deixe-nos a sua sugestão de tema!

Artigos do Blog

Recent Posts

New Call-to-action
New call-to-action